HORÁRIO: 5ª feira, às 15h

Desde que Davi tomou a cidade de Yerushaláyim (Jerusalém) dos jebuseus e a transformou em “Cidade de Davi” passaram-se pouco mais de 3000 anos. O curso pretende acompanhar o destino da cidade ao longo desse tempo até hoje. Diversas vezes, Jerusalém foi brutalmente conquistada e saqueada: em 587 a.C., pelo exército babilônico sob Nabucodonosor, com a destruição do 1º Templo; em 70 d.C., pelo exército romano sob Tito, com a destruição do 2º Templo; em 638 d.C. a cidade se rendeu ao exército árabe do califa Omar; em 1099 d.C. ela foi tomada, já dos turcos seldjúcidas, pelo exército dos cruzados franceses, resultando em um banho de sangue; em 1187 d.C., teve que se render novamente a um exército de muçulmanos comandado pelo sultão Saladino; mais tarde, faria parte do Império Otomano; depois, estaria sob protetorado inglês; durante a década de 1950, o Estado de Israel tratou de transforma-la em sua capital, criando um problema que perdura até hoje. Mas, acima de tudo, trata-se de compreender por que a cidade é considerada “santa” pelas três grandes religiões monoteístas – judaísmo, cristianismo e islamismo – e quais as razões históricas e espirituais para suas respectivas reivindicações sobre esse sítio sagrado. Uma apaixonante aventura, ao longo de três milênios, para aficionad@s em história, religião e cultura!

CARLO TURSI – TEÓLOGO E FILÓSOFO